perdida de cabello

São muitas as histórias de pessoas que alguma vez na vida sofreram com perda de cabelo. Algumas contam isso como se fosse uma piada, já que conseguiram recuperar os cabelos. Para outras não foi algo tão simples, pois a queda de cabelo foi permanente.

Muitas vezes por n√£o buscar solu√ß√Ķes em tempo h√°bil a situa√ß√£o se agrava, evitando que se coloque um fim na queda dos fios quando ainda se pode fazer algo. Por esta raz√£o √© importante conhecer as causas da calv√≠cie e dedicar um cuidado especial para evit√°-las.

Como se controla e o que é a queda de cabelo

A que de cabelo, de forma abundante, se denomina alopecia ou calvície. Existem diferentes tipos de alopecia. Na maioria dos casos é possível freá-las e recuperar os fios perdidos.

O que é a queda de cabelo?

Como já dissemos antes, se trata da perda abundante de cabelo, também denominada alopecia. Geralmente uma pessoa perde algo entre 100 e 150 fios de cabelo por dia. Quando a perda se torna maior que isso é motivo de preocupação e se faz necessária a busca de uma solução.

A perda de uma quantidade de cabelo maior que o normal pode significar calvície e com certeza existe uma causa para ela, por isso se recomenda rever o estilo de vida e melhorar a alimentação.

Também se deve evitar o uso de chapinhas, secadores, tinturas, alisadores e permanentes. Bem como usar somente produtos específicos para o tipo de couro cabeludo. Se mesmo com esses cuidados o cabelo seguir caindo, significa que chegou a hora de buscar um especialista.

Tipos de alopecia

Falaremos aqui sobre 5 tipos de alopecia, as quais descrevemos a seguir:

Alopecia Androgenética

Essa alopecia √© a mais comum entre as pessoas que sofrem de calv√≠cie ou queda de cabelo, em torno de 90% dos casos s√£o de pessoas que sofrem com esse tipo de alopecia. √Č mais comum em homens do que em mulheres e al√©m disso pode surgir cedo, geralmente ap√≥s os 30 anos.

Os fios de cabelo são se tornando cada vez mais finos até caírem definitivamente e não voltarem a crescer. Nos homens, geralmente começa cair os fios do cocuruto e da região da testa criando entradas.

Alopecia difusa

√Č um tipo de calv√≠cie permanente, onde o cabelo cai de forma progressiva e generalizada. Igualmente ao caso anterior, os fios v√£o se tornando mais finos, perdem volume at√© o momento em que caem definitivamente n√£o tornam a se regenerar.

Por ser um tipo de calvície permanente, a solução é fazer um transplante capilar.

Alopecia Areata

√Č um tipo de calv√≠cie heredit√°ria. Tamb√©m pode ser causada por estresse ou falta de minerais na alimenta√ß√£o. Mais ou menos 2% da popula√ß√£o a partir dos 20 anos come√ßa a padecer desse tipo de queda de cabelo em algum momento da vida.

O cabelo cai em áreas específicas e pode afetar qualquer parte do corpo. A área onde o cabelo cai, permanece saudável. Com o tratamento é possível superar o problema e recuperar os fios perdidos. Geralmente, logo após o tratamento recomendado, o cabelo volta a crescer.

Alopecia cicatricial

Neste tipo de alopecia, alguma doen√ßa, bact√©ria ou fungo destr√≥i os fol√≠culos pilosos. O tecido epitelial normal da zona afetada √© substitu√≠do pelo tecido cicatricial. √Č um tipo de alopecia permanente. As zonas afetadas apresentam vermelhid√£o e escamosidade.

Alopecia fibrosante

Este caso de alopecia afeta as mulheres, sobretudo no per√≠odo da menopausa. √Č uma calv√≠cie lenta. O cabelo se torna mais fr√°gil e vai diminuindo em quantidade nas partes frontal e laterais da cabe√ßa. Recomenda-se realizar algum tipo de tratamento para fortalecer os fios. Em determinadas situa√ß√Ķes a √ļnica solu√ß√£o √© um transplante capilar.

Causas mais comuns de alopecia

Existem distintas causas que provocam os diferentes tipos de alopecia. Trataremos aqui das mais comuns.

  1. Herança: A genética tem um importante papel perda de cabelo. Esse tipo de queda é denominada alopecia androgenética. Pode ser causada por fatores hereditários e hormonais. Quando afeta todo o couro cabeludo, se chama de alopecia universal. Quando afeta zonas específicas, se trata da alopecia areata.
  2. Excesso de horm√īnio masculino: Pode ocorrer tantos em casos de alopecia feminina, bem como de alopecia masculina e se deve ao alto n√≠vel de horm√īnios presente no corpo. Nos homens o cabelo come√ßa a cair na parte frontal e cocuruto; j√° nas mulheres aparecem √°reas com cabelos ralos no centro da cabe√ßa.
  3. Estresse: O estresse provoca a queda do cabelo. Durante situa√ß√Ķes de ansiedade o cabelo interrompe sua etapa de crescimento. Ele passa da etapa inicial de crescimento para a etapa final de queda de cabelo, deixando de se regenerar. Uma infec√ß√£o na zona, tamb√©m pode gerar a queda de cabelo.
  4. Má alimentação: Uma alimentação inadequada não proporciona as vitaminas, minerais e nutrientes necessários ao corpo. Isso ao longo do tempo pode ir debilitando o couro cabeludo e provocando a perda dos fios.
  5. Enfermidades: Em doen√ßas como o L√ļpus, o tecido conjuntivo que rodeia o fol√≠culo piloso √© afetado. Isso gera a perda de cabelo de forma abundante.
  6. Medicamentos: Alguns fármacos utilizados para tratar outras doenças, podem provocar a queda do cabelo. Como ocorre nos casos medicamentos usados nas quimioterapias.

Como prevenir a queda do cabelo

  • Evite fumar: O cigarro impede a oxigena√ß√£o da fibra capilar e evita o crescimento do fol√≠culo.
  • Diga n√£o ao estresse: Seja usando t√©cnicas de relaxamento ou levando uma vida mais calma.
  • Alimente-se bem: Se assegure de ingerir os nutrientes necess√°rios para atender as necessidades do corpo. O iodo, ferro e vitamina B s√£o imprescind√≠veis para o fortalecimento do cabelo.
  • Escove o cabelo: Escove o seu cabelo 2 vezes por dia.
  • Massageie o couro cabeludo: A microcircula√ß√£o √© ativada atrav√©s de suaves massagens da nuca para a testa.
  • Fa√ßa bons tratamentos: Use produtos que fortalecem o seu cabelo. No caso de queda, experimente t√©cnicas como a ozonoterapia ou laser para ativar a circula√ß√£o.

Muitas das causas da queda de cabelo podem ser prevenidas. Agora que você já as conhece só resta aplicar os cuidados necessários para ter um cabelo saudável e evitar ou interromper a alopecia.

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Contactar      644 713 228