Monday, April 15, 2024
NotíciaDicas para cortar o cabelo após um transplante capilar

Dicas para cortar o cabelo após um transplante capilar

Uma das principais perguntas feitas por quem busca pelo transplante capilar é sobre o corte do cabelo após a realização do procedimento. Demoram muito para crescer? A partir de quando podem ser cortados? 

Após o implante de cabelo, os folículos enxertados podem cair entre 2 e 6 semanas, o que é natural de acontecer para dar lugar a novos fios que nascem e crescem em definitivo. O nome desse efeito é shock loss e atinge 98% dos pacientes, podendo afetar também o cabelo nativo. Mas não há motivo para preocupação, pois as raízes desses fios permanecem intactas, recuperando força para crescer após o terceiro mês da cirurgia, momento em que podem ser cortados. 

Quer entender melhor sobre esse assunto? Continue com a leitura desse texto e saiba como é o corte de cabelo após o transplante capilar. 

Quando o cabelo pode ser cortado após o transplante capilar? 

Como explicado acima, o cabelo transplantado começa a crescer definitivamente após 3 meses do procedimento, chegando a um tamanho ideal para o primeiro corte a partir do quinto mês.  Entretanto, esse tempo varia a cada paciente e couro cabeludo, por isso podem ter casos em que os fios demoram um prazo maior para crescer.  

É fundamental antes de cortar o cabelo consultar o médico e a equipe responsável pelo transplante para uma avaliação, pois é necessário esperar a cicatrização e fixação da base dos folículos capilares no couro cabeludo. 

Se for autorizado o corte do novo cabelo, procure um cabeleireiro com experiência para orientar sobre o tipo mais adequado para você. O cabelo não pode ser cortado muito rente ao couro cabeludo e não deve-se utilizar lâmina ou navalha, apenas tesoura.

A técnica utilizada para o transplante capilar influencia no corte do cabelo. Se foi com o método FUE (Follicular Unit Extraction), é possível aderir a cortes curtos depois da cirurgia, pois não deixa cicatriz já que são feitos microfuros para a extração das unidades foliculares. Mas, se foi com a técnica FUT (Follicular Unit Transplantation), deixar o cabelo um pouco maior será necessário para cobrir uma pequena marca que fica no couro cabeludo por causa da retirada de uma “faixa” de pele e a suturação.

Importante esclarecer também que é recomendado raspar os cabelos para o enxerto de cabelo com a técnica FUE, pois a raspagem da cabeça facilita a retirada dos folículos da área doadora e implantação na área receptora. Esse é o ideal para garantir a máxima eficiência da cirurgia, mas caso o paciente realmente não queira raspar os fios pode optar pela técnica No Shave FUE, desde que avaliada a compatibilidade desse método para atender sua necessidade. O cabelo não precisa ser raspado antes do procedimento, entretanto, por ser uma técnica mais complexa, a quantidade de fios transplantados é menor, logo não é indicada para quem possui um grau de calvície mais avançado, já que precisaria de diversas sessões.

Alguns cuidados pós-operatório a serem tomados 

Antes de pensar sobre o corte dos fios após o transplante capilar, o paciente deve se preocupar em seguir algumas orientações importantes para que o novo cabelo nasça e cresça da forma correta e saudável. Confira os cuidados necessários no pós-operatório para não correr qualquer risco de comprometer o resultado da cirurgia. 

Dormir na posição recomendada nos primeiros dias 

Durma de barriga para cima e procure manter a cabeça elevada. É importante evitar apoiar-se diretamente sobre os pontos, por isso coloque  um travesseiro macio e um rolete ou uma toalha macia enrolada sob a nuca. 

Fazer a higienização adequada de alguns itens 

Para evitar qualquer risco de infecção, troque a fronha do travesseiro todos os dias durante uma semana. Se tiver  animais de estimação em casa, lave sempre as mãos e passe álcool. Se for colocar boné ou chapéu, certifique-se de que estejam limpos e não use por muito tempo.

Lavar o cabelo com bastante cuidado 

No dia seguinte da realização do transplante capilar, o paciente deve comparecer à clínica para lavar o cabelo. Essa primeira limpeza deve ser feita pelos especialistas, que em seguida vão instruir sobre como fazer a higienização em casa.

Não esfregue o couro cabeludo nem arranque as crostas que se formam naturalmente. Faça movimentos suaves e delicados com as pontas dos dedos no couro cabeludo. Utilize sabonete neutro para a limpeza e shampoo neutro após retirar os pontos. A água deve ser sempre morna ou fria, nunca em alta temperatura.

Use uma toalha de banho separada para secar o cabelo, não a mesma toalha para o corpo. Deixe os fios secarem ao natural, sem uso de secador ou outro aparelho. Não usar no couro cabeludo produtos como gel, cera ou qualquer outro fixador, pois podem causar obstrução dos poros.

Pentear os cabelos delicadamente

Os cabelos devem ser penteados de forma bem delicada após o implante capilar. Utilizar as mãos de preferência ao invés de pente ou escova, a fim de evitar que os fios sejam puxados. Se o cabelo estiver molhado, deixe secar primeiro para depois penteá-lo.

Não pintar o cabelo antes do prazo recomendado

Antes de aplicar qualquer produto químico no cabelo, como tintura, esperar no mínimo 5 semanas depois da cirurgia, pois é importante que o couro cabeludo cicatrize totalmente. Não obedecer esse prazo pode danificar gravemente os folículos capilares transplantados.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here