A sa√ļde capilar est√° intimamente ligada √† sa√ļde mental. √Č por isso que muitas pessoas desenvolvem perda de cabelo ap√≥s passar por um choque emocional, um epis√≥dio estressante em suas vidas ou depois de serem diagnosticadas com ansiedade ou depress√£o. Cada um desses casos pode causar o que √© medicamente conhecido como ‚Äúalopecia relacionada ao estresse‚ÄĚ, uma rea√ß√£o f√≠sica a um problema f√≠sico que leva √† perda tempor√°ria de cabelo.

No entanto, √© importante destacar que o fator ‚Äútempor√°rio‚ÄĚ ir√° depender de sua intensidade e sua extens√£o, e tamb√©m do status da sa√ļde mental daqueles que sofrem dela. Portanto, √© extremamente importante receber cuidados m√©dicos o mais r√°pido poss√≠vel.

Normalmente, a perda de cabelo irá durar algumas semanas e, em casos severos, alguns meses. Durante esse período, é essencial procurar por um tratamento customizado que chegue ao cerne do problema, já que essa é a melhor maneira de acabar com o seu progresso.

Com relação às diferenças entre a alopecia relacionada ao estresse e os outros dois principais tipos, androgênica e areata, nós podemos dizer que, enquanto a alopecia androgênica avança gradualmente e a areata aparece de repente na forma de pontos de calvície irregulares, a alopecia relacionada ao estresse causa uma perda extrema de cabelos num curto período de tempo.

Os epis√≥dios normalmente duram de 5 a 10 dias e sua intensidade √© determinada pelos n√≠veis de estresse do paciente. Se uma pessoa estiver sofrendo de alopecia androg√™nica ou areata e de alopecia relacionada ao estresse ao mesmo tempo, a √ļltima ter√° que ser tratada primeiro para recuperar o cabelo com sucesso.

Embora existam v√°rios tratamentos de sa√ļde capilar com resultados interessantes em pacientes diagnosticados com alopecia relacionada ao estresse, as pessoas normalmente recorrem a psicoterapia para encontrar a fonte de seu problema, porque do contr√°rio, a perda de cabelo ir√° persistir. Ao mesmo tempo, como apontamos anteriormente, √© importante que os pacientes sejam tratados por um especialista em sa√ļde capilar, porque a alopecia frequentemente √© causada por raz√Ķes diferentes ao mesmo tempo.

Seja qual for o caso, as pessoas diagnosticadas com este problema geralmente recebem a prescri√ß√£o de Minoxidil ou multivitam√≠nicos, ent√£o, assim que o cabelo come√ßa a crescer de novo, elas recebem inje√ß√Ķes intralesionais de amino√°cidos ou tratamento com c√©lulas tronco para recuperar a for√ßa capilar.

Classificação da alopecia relacionada ao estresse

Existem 3 tipos de perda de cabelo relacionados a altos níveis de estresse:

  • Efl√ļvio tel√≥geno: neste caso, o estresse interrompe a fase de crescimento e envia sinais ao nosso corpo, ent√£o os fol√≠culos capilares come√ßam a fase de repouso. Assim que esta fase come√ßa, o paciente nota uma s√ļbita e intensa perda de cabelo ao lav√°-lo, pente√°-lo ou no travesseiro depois de acordar.
  • Tricotilomania: devido √† ang√ļstia causada pela impossibilidade de resolver uma situa√ß√£o negativa, o paciente puxa o cabelo da cabe√ßa ou de outras partes de seu corpo.
  • Alopecia areata: Neste caso, o sistema imunol√≥gico come√ßa a atacar os pr√≥prios fol√≠culos capilares. Isso leva ao aparecimento de pequenos pontos circulares de calv√≠cie que, se n√£o forem tratados, podem se espalhar por todo o couro cabeludo.

Sempre que um médico determinar que a perda de cabelo está intimamente relacionada aos níveis de estresse do paciente, é essencial reduzi-los para que seja possível parar a alopecia e, pouco a pouco, permitir que o novo cabelo cresça. Algumas das coisas que podem melhorar a regeneração capilar são:

  1. Uma dieta saud√°vel: da mesma forma que uma dieta insalubre pode levar √† debilita√ß√£o e √† perda capilar, uma saud√°vel, rica em frutas e vegetais, pode contribuir para aliviar o estresse e estimular o crescimento capilar. Os elementos-chave que precisam ser inclu√≠dos na nossa dieta durante per√≠odos estressantes s√£o ferro, prote√≠nas, sel√™nio, zinco, vitaminas A e B e √Ēmega 3, todos essenciais para o crescimento capilar.
  2. Exerc√≠cios: exerc√≠cio f√≠sico moderado √© t√£o importante quanto uma dieta saud√°vel e precisa se tornar parte da nossa rotina di√°ria. Fazer exerc√≠cios n√£o s√≥ reduz os n√≠veis de estresse porque faz o seu corpo liberar os ‚Äúhorm√īnios da felicidade‚ÄĚ, como tamb√©m faz o seu cabelo crescer saud√°vel e forte.
  3. Um cronograma fixo: uma das melhores terapias antiestresse é definir um cronograma diário para acordar, comer, almoçar, fazer um lanche, jantar, se exercitar e dormir. Se aceitarmos este conselho junto com os anteriores, nós seremos capazes de reduzir os efeitos da ansiedade e do estresse significativamente.
  4. Medita√ß√£o: todos os m√©todos de relaxamento, como aqueles promovidos pela ioga, pilates e outras disciplinas que nos ajudam a meditar e a melhorar a respira√ß√£o, nos encorajam a equilibrar nossas mentes e nossas vidas, assim reduzindo o estresse e aperfei√ßoando a nossa sa√ļde capilar.

Todas estas recomenda√ß√Ķes, junto com aquelas dadas pelo seu m√©dico, ir√£o ajudar voc√™ a acabar com o estresse e, como num passe de m√°gica, a perda de cabelo ter√° acabado.

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

Contactar      644 713 228