Thursday, June 13, 2024
NotíciaÉ possível recuperar os pelos pubianos?

É possível recuperar os pelos pubianos?

Como assim recuperar os pelos pubianos? Realmente soa um pouco estranho esse
questionamento, uma vez que a maioria das mulheres sempre desejou ficar livre
completamente dos pelos, principalmente na região íntima.

Após o auge da depilação a laser para solução definitiva contra os pelos, nos últimos tempos vem crescendo o número de mulheres que escolhem quebrar esses padrões e buscam por procedimentos para ter de volta os fios íntimos, como o implante de pelos pubianos. Um estudo global realizado pelo International Society Of Hair Restoration Surgery (ISHRS) em 2017 constatou um aumento de cerca de 62% do interesse feminino pela recuperação de pelos na genitália.

A atenção pelo assunto, antes concentrada em mulheres na fase pós-menopausa quando os fios pubianos ficam brancos, ralos e começam a cair, começou a fazer parte da realidade de outras faixas etárias. As mulheres asiáticas e italianas são as que mais se destacam nas pesquisas, pois culturalmente nesses países os pelos pubianos são associados à juventude e beleza. Para algumas mulheres os pelos nessa região é uma questão de autoestima,
feminilidade e vaidade, isso graças à mudança de mentalidade e o espaço conquistado pela
luta feminista para a quebra de certos padrões da sociedade. O implante de fios pubianos vem sendo procurado inclusive por mulheres que escolheram a depilação definitiva e hoje se arrependem.

Ficou curiosa ou curioso para saber mais sobre um tema ainda polêmico, ainda mais no Brasil em que as mulheres são conhecidas pelas virilhas lisinhas nos biquinis minúsculos e cavados? Continue na leitura desse texto e entenda melhor como tem acontecido essa mudança comportamental.

A importância dos pelos pubianos

Os pelos presentes no nosso corpo, principalmente na região pubiana, sempre estiverem
relacionados à falta de higiene, ainda mais no Brasil em razão da cultura indígena que
herdamos. Por isso, durante anos a maioria das mulheres buscam pela depilação para se ver livre desse incômodo. Entretanto, é essencial entenderem que os pelos pubianos não são anti-higiênicos, sendo algo natural do ser humano e que representam maturidade.

A função primordial dos fios íntimos é proteger os órgãos sexuais de microorganismos
causadores de infecções. Os pelos servem também como proteção de importantes estruturas da pele e ajudam a lubrificar e hidratar a região genital. Com o envelhecimento, a pele fica quebradiça e pouco viçosa quando é retirado todo o pelo do púbis. Os pelos pubianos protegem ainda a área durante as relações sexuais e do atrito com as roupas.

Dicas de cuidados com a região íntima

 Mantenha a vagina e os pelos sempre limpos, com sabonete neutro de preferência
para não alterar o pH local.
 Deixe os pelos sempre secos para não haver risco de proliferação de microrganismos
no ambiente úmido.
 Não use perfumes ou desodorantes na região.
 Utilize tesoura para aparar os pelos ao invés de lâminas.
 Não use ducha higiênica para lavar, mesmo após o sexo, pois a ducha pode empurrar a
sujeira para dentro do canal vaginal com a pressão da água.
 Hidrate os pelos pubianos, mas evite produtos com muito cheiro para não haver risco
de irritação.
 Para quem opta pela depilação, use roupas leves e evite tecidos sintéticos após a
retirada dos pelos.
 Utilize uma loção calmante ou até cremes com corticoide ou antibióticos tópicos no
caso de irritação intensa após a depilação.
 Faça peeling para clareamento da região e aplique toxina botulínica para casos de
excesso de suor.

Implante de pelos pubianos

O implante de pelos pubianos é bastante parecido com o transplante capilar, com a remoção de unidades foliculares de uma região doadora, geralmente na parte de trás do couro cabeludo, para implantar na região do púbis. A técnica adotada para o procedimento é a fio a fio, cientificamente conhecida como FUE (unidade de extração folicular).

A cirurgia também é tranquila e indolor, uma vez que é feita sob anestesia local. Trata-se de um trabalho bem delicado, pois essa área íntima requer cuidado redobrado por ter uma pele sensível e não muito firme. Além disso, é importante que seja realizada por um profissional competente para que siga a anatomia e distribuição devida dos fios, a fim de garantir um resultado o mais natural e harmônico possível.

Os curativos no pós-operatório devem ser trocados diariamente e a mulher não deve usar
roupa íntima na primeira semana para não abafar a região pubiana, pois o órgão genital possui bactérias e os cuidados precisam ser redobrados para evitar infecções.

É fundamental lavar bem, mas de forma delicada a área que recebeu o implante. Não é
permitido praticar sexo nos primeiros 10 dias após o procedimento. O preço da cirurgia varia, ficando em média entre R$ 16 mil e R$ 30 mil, já com os custos hospitalares e da equipe médica responsável.

O enxerto de pelos no púbis também é permanente, já que os fios retirados da região doadora não sofrem com a ação de hormônios que causam a queda capilar, logo os pelos implantados permanecem e continuam a crescer normalmente na região receptora. Vale ressaltar que como em geral o pelo pubiano possui uma velocidade de crescimento diferente do cabelo, o paciente deve apará-los com maior frequência.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here