Saturday, April 13, 2024
NotíciaRecomendações pós-operatórias para transplante capilar

Recomendações pós-operatórias para transplante capilar

Está equivocado quem pensa que o transplante capilar é um procedimento simples e que não requer cuidado e atenção. Trata-se de uma cirurgia que não pode ter minimizada a importância e seriedade, principalmente com o pós-operatório.

É fundamental que o paciente tenha consciência e respeite o período de recuperação e as orientações médicas, pois sua conduta vai influenciar consequentemente em um bom ou mau resultado do procedimento. Após 14 dias do enxerto de cabelo os pontos são retirados. Nesse retorno é avaliado o processo de cicatrização e outras orientações podem ser recebidas pelo paciente.

Confira neste texto uma seleção de alguns cuidados a serem tomados após o transplante de cabelo para garantir que tudo fique bem no final.

Recomendações durante o pós-operatório do transplante capilar

Para dormir

O paciente deve dormir de barriga para cima e manter a cabeça mais elevada para ajudar o inchaço a migrar para a nuca e não para a região da testa. Usar um travesseiro macio e colocar uma almofada enrolada sob a nuca para não apoiar diretamente sob a área tratada. Trocar diariamente a fronha do travesseiro para garantir a limpeza e higiene.

Para lavar os cabelos

A primeira higienização dos fios ocorre no dia seguinte à cirurgia na clínica onde foi realizado o procedimento, pois é preciso cautela e assistência profissional. Ao paciente será explicado como deve fazer para lavar em casa a partir de então. A lavagem adequada é essencial para evitar contaminações e para manter a limpeza do couro cabeludo.

Lavar o cabelo com água fria ou morna, sem jatos forte, e com movimentos delicados de acordo com a orientação médica recebida. Usar shampoo neutro e enxaguar com cautela. Separar uma toalha para os fios, não usar a mesma toalha do corpo. Deixar o cabelo secar naturalmente, sem secador ou qualquer outra fonte de calor. Não aplicar produtos como gel, creme ou pomada.

Para reduzir o inchaço

Após o transplante capilar é normal ocorrer um inchaço nos primeiros dias, causado pela infiltração da solução anestésica e pela manipulação cirúrgica. Algumas medidas podem ajudar a diminuir, como dormir como a cabeceira elevada; fazer compressas de água fria na testa por 20 minutos três vezes ao dia. Em 5 a 7 dias esse inchaço irá sumir.

Para aliviar a coceira

É comum após uma a duas semanas do transplante capilar o paciente sentir uma coceira na região implantada. Essa coceira está relacionada geralmente à produção de mediadores químicos da cicatrização e por isso é passageira. Ainda que incomode, é importante evitar de coçar o local e passar a unha. Recomenda–se dar “tapinhas” leves para aliviar os sintomas. Em casos mais intensificados, o paciente pode usar uma pomada de hidrocortisona 1% para melhorar a coceira, desde que tenha indicação médica.

Para lidar com as crostas

É normal o surgimento de crostas nos folículos implantados durante os primeiros dias do transplante capilar. Estas crostas devem ser removidas de forma natural através da lavagem contínua do couro cabeludo. Não devem ser arrancadas bruscamente.  Com o passar do tempo o paciente pode colocar mais pressão nos movimentos durante a lavagem para as crostas saírem mais facilmente e facilitar o processo de cicatrização.

Para voltar ao trabalho e demais atividades diárias

Se o trabalho exercido for mais tranquilo, em computador e telefone, pode ser retomado com dois a três dias após a cirurgia. Se for uma atividade com maior demanda e esforço físico, é necessário de três a cinco dias de repouso.

O retorno à prática de atividade física pode ser feito após duas a três semanas do transplante capilar. Ainda que o paciente esteja se sentido bem, a volta precoce deve ser evitada, pois o exercício físico pode tracionar a incisão e afetar negativamente o resultado estético da cicatriz.

Evitar exposição solar durante o primeiro mês. É normal que a região onde foi feito o transplante capilar fique ligeiramente avermelhada após o procedimento. A exposição ao sol antes de 30 dias intensifica e prolonga a vermelhidão, além de ter o risco de manchas solares.

Não é permitido entrar em piscinas com cloro e tomar banho de mar nos primeiros 30 dias. Não colocar qualquer tipo de capacete nas duas primeiras semanas e se for usar boné ou chapéu garantir que estejam limpos e folgados e deixar o menor tempo possível.

Não fazer uso de bebidas alcoólicas nem de tabaco durante os primeiros dias enquanto tomar a medicação prescrita. Ter uma alimentação leve e reduzir o consumo de sal e açúcar enquanto tomar os remédios pós-operatórios.  Ingerir bastante água também ajuda muito no processo de recuperação.

Não ter relações sexuais nos primeiros 15 dias para evitar movimentos que possam traumatizar a área onde os fios foram transplantados, uma vez que qualquer atrito pode arrancá-los. Durante esse período os cabelos novos estão se fixando nesse local, por isso é importante evitar contato nessa região até que estejam mais firmes e seguros.

Conclusão

Como podemos ver, o pós-operatório de um transplante capilar é tranquilo, em que o paciente em pouco tempo fica liberado para retomar suas atividades rotineiras. Entretanto, é fundamental que seguir corretamente as recomendações para acelerar a recuperação e potencializar os resultados da cirurgia.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here